sexta-feira

INTRODUÇÃO


PASSADO E PRESENTE
são tomé e príncipe adquiriu maior divulgação através da obra "Eqaudor"de Miguel Sousa tavares, do que qualquer campanha publicitária que se pudessefazer. O país entrou assim, mais que nunca, na casa dos Portugueses.Uma das roças mais faladas no livro dá pelo nome de rio do Ouro ,que, após a ndependência foi rebaptizada de Agostinho Neto.Mas, para se ter uma noção de como as coisas funcionavam antigamente,diga-se que existiam duas entradas, separadas por cerca de 500 metros:uma para o patrão e funcionários brancos,a outra para os trabalhadores. Outros tempos .
PROVÉRBIOS POPULARES
Bom clossón ca dá dôló de clossôn.( bom coração dá dor de coração), muâla só cá qué d"homé, homé cu sá qué muálá s`cá góló muálá sé pê pô n ganá(mulher é que vai para casa de homem , homem que vai para casa da mulher só quer engana-lá),muálá glávi sá safú, chibô lêlê bô cá molé(mulheres bonitas são perigosas se confiar es capaz de morer),a nácá bili dêço mon ton cuáfa(aquilo que deus não nos deu, não podemos tomar a força),mina n´guêe ná sá boá quiáfa(filho ou filha dos outros não é bom criar),mion longe sossegado do quê pétu tlubulado(é melhor viver longe e em paz do que perto sem sossego) nó cú ná tê djêlo ná tê muálá e migô! quem não tem dinheiro não tem mulher e deixa de aparecer amigos).
LÉXICO DAS DANÇAS
É certo e sabido como o ritmo marca a alma dos africanos-e os são-tomenses não são excepção. A música e a dança está-lhes na alma e no corpo, e é natural que es expressem sempre que podem, normalmente nos lugares nocturnos de lazer ou, pura e simplesmente, em qualquer lado. Os ritmos musicais e as danças de são tomé e príncipe reflectem as influências dos restantes PALOP"s, sendo a chamada "cadance" que mais em voga nas discotecas. Mas qualquer outro género tem os seus apreciadores -- pueta, funana kuduru,domboló,kuassa-kuassa,reguê(reggae),pope rap.fora das discotecas,e de origens rituais e tribais, existem as danças ussua,socopé e danço-congo,que é a mais popular e a mais africana, muito praticadas pelos Angolares.


CHUVA À HORA MARCADA
Em São Tomé e Príncipe não existem propriamente estações do ano conforme as compreendemos. Há a época seca e a época da chuva, sempre sem grandes variações de temperatura.Mas é sobretudo na estação de chuva que ocorre um "fenómeno" invariável: o céu limpo fica subitamente carregado de nuvens negras, e a chuvada aparece com uma pontualidade tão exata que nem é preciso olhar para relógio-são 5h da tarde.
Depois conforme veio,chuva diluviana vai: quinze minutos
depois, o azul ocupa todo o céu.





As ilhas de são tomé e príncipe estiveram desabitadas até 1470 e 1471, quando os navegadores Portugueses joão de santarém e Pédro escobar as descobriram. A cana-de-açúcar foi introduzidade nas ilhas no século xv,mas a concorrência brasileira e as constantes rebeliões locais levaram a cultura agrícola ao declínio no século XVI.Assim sendo a decadência açucareira tornou as ilhas entreposto de escravos.














































































Postar um comentário